Inspire-se com dez quartos de bebê

By on janeiro 30, 2013

003-inspire-se-com-dez-quartos-de-bebe

Diferentes estilos para os recém-chegados ao mundo

Aguardar a chegada de um bebê é uma das etapas mais emocionantes da vida, e escolher a decoração do quarto da criança faz parte do processo. Pensar nas cores, escolher cada detalhe. Assim como a gestação, decorar o quarto do bebê não é um processo rápido, é necessário deixar fluir as ideias para chegar ao estilo desejado, costuma-se usar cores suaves e figuras tradicionais como pássaros e animais. Contrastar cores diferentes é uma ótima pedida, além de dar vida ao ambiente. Inspire-se com dez imagens de quartos infantojuvenil.

1/10

1/10

Um templo de relaxamento para os bebês! O espaço assinado por Nayara Macedo conta com um futon para a prática de Shantala, ofurô infantil, iluminado com controle romoto (LED) para a realização de cromoterapia e banheira móvel com rodízios embutida da Tinoc. A decoração segue o estilo do Quarto dos Bebês Gêmeos. As paredes foram revestidas de palha natural e o tapete é de sobras de EVA trançado. Na parede, uma escada de bambu substitui a marcenaria. Trocador e futon de algodão orgânico e revestimento de tecido 100% reciclado reforçam a tendência sustentável.

2/10

2/10

Móveis de família que ficaram esquecidos e que poderão ser usados em outros ambientes compõem esse quarto de bebê. A ideia das arquitetas Fernanda e Rose Raitani era evitar as peças infantis, que perdem o uso muito cedo, e optar por móveis que possam ser usados por mais tempo. Seguindo essa linha, o berço comprado em um brechó vira cama para quando a criança crescer. Já as cores das paredes, que lembram doces, balas e sorvetes, a atmosfera lúdica para a criança.

3/10

3/10

Para criar este ambiente, a aposta foi em uma inusitada combinação de cores: azul, verde, amarelo e vermelho. A ideia é que as cores fortes estimulem os bebês a desenvolverem os sentidos. No piso, houve um abuso destas cores em forma de circunferência. Outra novidade foi o uso de berço suspenso em formato de cesto. O projeto é das arquitetas Cris Paola e Dani Barella.

4/10

4/10

O quarto do bebê, com 25 m², foi pensado em setores para facilitar a rotina da mãe. O azul vem dos diodos de led instalados no teto e atrás de alguns móveis. O piso é de marmostone e o painel ripado que divide o cômodo é feito com MDF laqueado. Quem assina o projeto são as arquitetas Rosangela Martins e Zelinda Campos Govea.

5/10

5/10

Romântico, aconchegante e lúdico, esse projeto transmite paz, harmonia e bem estar. Como um quarto encantado, os arquitetos Leonardo Velasco e Gabriela Manhães misturaram mobiliário provençal, adornos florais, lambri e papel de parede com luminárias redondas modernas embutidas no teto. O resultado é uma combinação personalizada e contemporânea. Galhos iluminados e pássaros remetem à natureza das fábulas. A iluminação dimerizada proporciona diferentes efeitos cenográficos, economia de energia elétrica e luz indireta para o sono do bebê. Enxoval exclusivo da Jujuba Dorme Bem. Os elementos decorativos foram customizados e reaproveitados pelos próprios arquitetos, como os caixotes pintados de branco usados com mesa lateral.

6/10

6/10

Fugindo dos tradicionais tons pastéis, a arquiteta Nayara Macedo adotou muitas cores no quarto que servem tanto para menino quanto para menina. O resultado foi um ambiente lúdico, alegre e atemporal. Os destaques são os organizadores e o mobiliário moderno e multifuncional projetado para acompanhar o crescimento dos bebês. O berço da Tinoc é o primeiro para múltiplos no mercado. Desenvolvidos sobre uma base de tatame, a peça única inclui dois berços, uma cama extra e um gaveteiro para brinquedos. Com o tempo, saem as grades e os berços se transformam em duas mini-camas. O ambiente ficou ainda mais gracioso os adesivos de parede. Entre os objetos customizados, um banquinho feito de botijão de gás com assento de lona de caminhão e pés de madeira de demolição. No mesmo espaço, poltrona Charles Eames da RAR.

7/10

7/10

No Quarto de Bebê Unissex, Kika Simon e Alessandra Reis escolheram cores e estampas neutras para atender a meninos ou meninas. Caixas simples de MDF foram pintadas com tinta PVA e viraram nichos de parede. O papel de parede multicolorido é feito de garrafas PET recicladas.

8/10

8/10

O quarto arejado e com muita iluminação natural conta com um berço que, no futuro, pode virar cama. O projeto é de Ana Paula Pontes e Gustavo Moura.

9/10

9/10

A parede atrás do berço, acessível pelos dois lados, traz sobre o profundo azul o refrão da música Yellow Submarine, dos Beatles, o desenho do famoso submarino amarelo e personagens da animação de mesmo nome. O projeto é de Maria Paula Giuliano.

10/10

10/10

Este quarto foi inspirado em tendências modernas e a ideia era de um quarto de menina, mas sem o convencional romântico cor de rosa. As paredes foram pintadas em dois tons de cinza e o mobiliário branco fez o contraste. Ao lado do trocador, espelhos chamam a atenção do bebê e facilitam as trocas de fraldas. Adesivos de parede, quadros trazidos de viagens e toyarts compõem o ambiente descontraído e divertido.


Veja as imagens em tamanho maior:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *