Conheça o Drywall

By on dezembro 18, 2012

005-drywall
Além de ser sustentável o sistema drywall permite compor paredes e forros de ambientes internos, de forma rápida, com pouca sujeira e desperdício

Na Europa e nos Estados Unidos, o drywall (ou gesso acartonado) é um material utilizado na construção civil há quase um século. No Brasil, porém, ele só ganhou certo destaque nas últimas duas décadas. O que ajudou a popularizar o sistema por aqui foi a instalação de grandes fabricantes multinacionais no país, como Lafarge, Placo (ambas francesas) e Knauf (alemã).

Totalmente industrializado, o sistema drywall permite compor paredes e forros de ambientes internos, de forma rápida, com pouca sujeira e desperdício. Por isso conquista, a cada ano, mais adeptos no Brasil.

O drywall (do inglês, parede seca) é composto de placas com miolo de gesso envolto em papel-cartão, fixadas em estrutura de aço. O sistema, que chega praticamente pronto para instalar na obra, é a principal forma de construir há décadas na Europa e nos Estados Unidos. No Brasil, segundo dados da Associação Brasileira de Fabricantes de Chapas para Drywall (Associação Drywall), 39 milhões de m2 de placas de drywall foram consumidas em 2011. E o primeiro semestre de 2012 registra mais 10% de aumento em relação ao mesmo período do ano anterior.

Construtoras ganham tempo

A Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016 movimentam o setor no país, que vê no sistema uma solução eficaz para vencer os prazos curtos para reformas de estádios e a construção de hotéis e shoppings. Mas não é de hoje que as grandes empresas descobriram suas facilidades e adotam o drywall na composição de paredes internas e forros, computando economia de 6% no custo das obras de edifícios comerciais e residenciais por causa de seus benefícios.

• Sustentabilidade – Todos os componentes são recicláveis, e a matéria-prima do gesso (mineral gipsita) não gera resíduo tóxico. Além disso, um dos fabricantes, a Placo do Brasil, dispõe de unidade de reciclagem, reaproveitando o gesso na produção de novas placas de drywall e nas indústrias de cimento (o ingrediente atua como retardante na secagem do cimento) e agrícola (funciona como corretivo de acidez do solo).

• Economia de água – Ao contrário do que acontece na alvenaria, a água não é necessária para erguer as paredes.

• Redução no transporte – Por ser mais leve, o que ajuda a não gerar mais poluição vinda da circulação de caminhões.

• Baixo desperdício – 5% contra até 30% nos métodos tradicionais.

• Montagem rápida – Dois profissionais instalam 30 m² de drywall em um dia – mais 24 horas para que as juntas sequem totalmente e possam receber acabamento. Na alvenaria se gasta cerca de uma semana.

• Método seguro – O sistema construtivo é embasado pela norma técnica (ABNT, NBR 15758) e pela de Desempenho de Edificações (ABNT, NBR 15575). O drywall permite composições que se encaixam em todos os níveis dessa norma.

Seu sonho é ter um cantinho caprichado?
Se sim, a Gonçalves Imóveis terá o prazer de ajudá-lo (a) da melhor forma possível. Não espere mais para encontrar um imóvel com a sua cara. Entre em contato!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *